Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sonhos Urbanos

Powered by Cognitive Science

Jornada ao Sol

por Jorge, em 29.03.04

“(...), a posição da Alquimia em relação à mudança individual é extremamente relevante para nós hoje em dia - para todos nós, pois deixou de haver “alguns eleitos”. Assim temos que ter coragem de morrer de uma forma diferente, para nós próprios e para os nossos Egos emocionais. Temos que encontrar a cinza, que encontrar outro caminho.” Jay Ramsay


jornada.jpg



Como em todas as Primaveras, algo renasce... para tal foi preciso morrer. Uma morte que foi como um sono que surgiu sem marcas e sem dor, e da mesma forma foi assim que a nova vida surgiu. Ambas foram motivos de festejo. E agora o novo Ser contempla o horizonte, meditando sobre as novas possibilidades da sua existência.


Pode ser tudo, basta decidir. As possibilidades são tantas que quase que o novo Ser pondera em não escolher nada, mas sem essas decisões a sua vida não brilhará tanto como brilharia se assumisse o controle da sua vida. As suas mortes e renascimentos têm sido uma espiral alquímica, parece passar sempre pelas mesmas etapas do processo mas estas são um pouco diferentes e a cada nova oportunidade um passo mais próximo do fim da Obra.


Falo claro da obra que estará concluída com o reconhecimento da nossa natureza e com o nosso total desenvolvimento ou seja, após nos libertarmos das nossas limitações e finalmente sermos Um com o Universo. A nossa jornada ao Sol que se iniciou algures na nossa existência...


O novo ser toma consciência do Aqui e Agora, levanta-se com todo o seu ser e sem dúvidas caminha na direcção ao Sol, sabendo que se confiar em si nunca falhará o seu objectivo. E a nova vida começa a construir-se, e a espiral continua.

10 comentários

Comentar post