Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sonhos Urbanos

Powered by Cognitive Science

Glória da Vida Urbana

por Jorge, em 30.08.09

Sossegadinhos em casa, a ouvir repetidamente um Cd que compraram há dois anos, envolvidos numa conversa do dia-a-dia. Ele olha para o relógio e vê 19:58.

 

- Está na hora do Telejornal!

 

O Cd é parado e começa uma nova banda sonora monótona e novas imagens invadem aquele casal. São apresentadas notícias inúteis para encher as cabeças deles, ouvem e comentam, simultaneamente aparecem em rodapé dezenas de notícias desconexas. Informação a ser bombardeada para todos poderem opinar.

 

Depois jantam e os assuntos desmoronam-se sobre temas já conversados. Revisitam-se situações e pessoas.

 

Chegada a noite, deitam-se como se dois estranhos fossem e ficam no silêncio de quem não tem mais palavras para usar. No dia seguinte, o sono tenta resistir ao despertador. Lá acabam por acordar já cansados, a desejarem regressar aos dias de férias passados. Implicam um com o outro porque alguém se esqueceu do pacote de leite fora do frigorífico.

 

Fingem que se amam (sim, não existe amor numa vida estupidificante) durante duas décadas, até que um deles opta por uma vida exactamente igual mas com outra pessoa.

 

Fica um sozinho a olhar para o relógio da vida, a contar os dias até a morrer. Numa últimata tentativa da sua alma, tem uma visão que o mundo pode ser diferente. Os seus amigos e familiares pensam que é uma depressão caudada pela separação, nem ouvem as suas palavras. Afinal a partir de uma certa idade todos atribuem diagnósticos uns aos outros.

E as pessoas que gostam tanto daquela pessoa, conseguem acalmá-la e garantir que volta à sua vida anterior.

 

PROGRAMAÇÃO SOCIAL PARA UMA VIDA SEM GRANDES PROBLEMAS:

 

Acordar, trabalhar, televisão dormir, acordar, trabalhar, televisão dormir, acordar, trabalhar, televisão dormir, acordar, trabalhar, televisão, dormir, acordar, trabalhar, televisão dormir, acordar, trabalhar, televisão, dormir, acordar, trabalhar, televisão dormir, acordar, trabalhar, televisão dormir, acordar, trabalhar, televisão, dormir, acordar, trabalhar, televisão dormir, acordar, trabalhar, televisão, dormir, acordar.

1 comentário

Comentar post