Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sonhos Urbanos

Powered by Cognitive Science

Vida experimental

por Jorge, em 27.03.13

Corro a vida em versão "BETA".

 

Só a viver é que sei o que quero dela. A prestar atenção à minha experiência direta e a pensar pela minha cabeça.

 

A agir, aprender, aplicar, arriscar, adaptar e criar.

 

 

 

Ao fim do dia, segui a minha direção e construo o meu caminho.

Ao amanhecer, reavalio o trajeto e defino o que é importante.

A cada dia um ajuste aqui e outro ali.

 

Nada sei do futuro e para lá me dirijo a cada segundo, mas como ainda não cheguei vou ter de deixar de me preocupar.

 

Tudo até hoje foi forjado em decisões, sem grilhões a fazer tombar para um lado ou outro. Sem certos ou errados definitivos.

Metropolitano de Lisboa

por Jorge, em 25.03.13

  • A cada paragem, primeiro saem as pessoas e depois entram as outras.

  • Ficar perto da porta e deixar os corredores livres, durante as horas de ponta, é pouco prático.

  • Quando validamos o bilhete é útil tirá-lo da mala ou mochila, caso contrário estamos para ali feitos tontos a tentar validar e a incomdar as pessoas nas filas.

  • Três carruagens em hora de muitos trânsito é igualmente tonto.

  • Título de viagem demasiado caro.

Trapaceiro qb e o seu novo título

por Jorge, em 22.03.13


Feedback do Constantine #1 AQUI

Inventei a roda, a pólvora e a internet...

por Jorge, em 18.03.13
... esqueci-me de registar estas invenções e apareceram logo uns abutres. Depois ouvi alguém dizer "o mundo é assim", talvez seja melhor trocar de mundo. E se reescrevesse o que este alguém disse teria "as outras pessoas são abutres de ideias", pessoalmente gosto de pensar que somos "incubadores de ideias" e todos nos influenciamos uns aos outros.


É certo que não inventei as três coisas indicadas no título (surpresa!). Talvez até nem tenha inventado nada original na vida, apenas reciclado e alterado ideias (quem sabe?). Custa-me sim que se apropriem de ideias minhas e horas de produção, sem qualquer crédito ou referência. 




NO! OH NO, NO, NO...

por Jorge, em 15.03.13

 

Lembro-me que era bem novito quando li esta história (via "A Teia do Aranha") e ficou bem marcada na minha memória.

nota mental para mim I

por Jorge, em 13.03.13

É preciso criatividade e coragem para viver bem. Se isto me falta, os dias ficam iguais e cinzentos. Para mim funciona assim. Por isso deixei de ficar à espera que caia do ar e procuro de todas as formas estimular estas características.

 

Hoje não precisei de procurar ser produtivo para o ser, apenas o fui porque optei por dar criatividade a atividades mais chatas.

Empreender em Casa: as vitórias conquistadas

por Jorge, em 01.03.13

Tem de haver espaço para celebrar as vitórias que fazemos com as nossas ideias. É o que nos dá estímulo para enfrentar os obstáculos que vão surgindo e para continuarmos a criar com gosto. As redes sociais estão carregadas de choraminguices sobre a crise económica, podemos estimular uma nova onda de notícias positivas reais e pedir a boa da palmadinha nas costas (também sabe bem).

 

 

Sugestões:

  • Ter um grupo de pelo menos 3 pessoas que valorizem o trabalho que fazemos (partilhas, trocas de ideias, motivação).
  • Tornar estas vitórias num formato de "boas práticas" para que outros também as possam atingir (e fazermos meta-análise da situação).
  • Promover uma rede de bons resultados com outros projectos empreendedores (networking útil)