Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sonhos Urbanos

Powered by Cognitive Science

Amor que dá que pensar. :)

por Jorge, em 25.11.05
"Muitas pessoas apaixonam-se muitas vezes na vida, mas poucas amam ou
encontram um amor verdadeiro.
Às vezes encontram e, por não prestarem atenção nesses Sinais,
deixam amor passar, sem deixá-lo acontecer verdadeiramente. É o livre-arbítrio. Por isso, presta atenção aos sinais.
Não deixes que as loucuras do dia-a-dia te deixem cego para a melhor coisa da vida: o AMOR!!! Ama muito.....muitíssimo."

Carlos Drummond de Andrade

Coloquei apenas um excerto, este está longe de substituir a versão completa. Depois de ler a versão completa permaneci em silêncio durante uns momento, até decidir abrir o editor do blog.

Não é raro trocar as minhas prioridades todas e colocar em primeiro actividades relacionadas com o meu trabalho ou com o estar lado-a-lado com alguém que diga que precisa de apoio. Algumas pessoas que amo muito ficam em silêncio e penso que está tudo óptimo, até que em certos momentos de maior consciência reparo que não as estou a tratar ao nível do amor que lhes tenho.

Mesmo assim, depois de adquirir consciência esta consegue morrer num quotidiano frenético e ruidoso. Só ao deitar volto a pensar nisso e decido que a partir daquele instante tudo ficará diferente... A maioria das vezes a mudança perde-se pela noite, infelizmente.

Curioso como receber um mail com o texto do Carlos Drummond de Andrade trouxe de volta a consciência que não ando a cuidar de quem amo como devia. Que este post não me deixe esquecer mesmo quando estiver mergulhado no sono dos justos!

Jorge

4 comentários

Comentar post