Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sonhos Urbanos

Powered by Cognitive Science

A espada que estava na pedra

por Jorge, em 22.07.05
Um aprendiz de feiticeiro, cuja bússola era o seu coração, ponderou em fazer uma pausa nos seus estudos avançados. Queria muito ir ver a espada. E assim o fez.

Aproximou-se dela encantado com a luminosidade e Paz que irradiava. Como um objecto podia ser tão belo?! "Mágico e sagrado, sem dúvida", disse para si mesmo.





“Está presa na pedra”, pensou o rapaz, “É apenas um teste, aquele que for puro de coração poderá tirá-la da pedra sem qualquer dificuldade. O que conseguir será o Rei que vai unir os povos”.

Imaginou-se como um Rei-Feiticeiro adorado e amado por todos, justo e bondoso. Sabia que conseguia tirar a espada… Até ao momento em que duvidou de si mesmo e se recusou a experimentar a sua sorte, fugiu dali para fora o mais depressa que conseguiu.

Atrás do jovem aprendiz de feiticeiro estava um menino mais novo, chamado Artur. Era uma manhã de Inverno e um raio de luz parecia indicar-lhe a Espada, decidiu tentar… O que aconteceu a seguir já sabem, mas fiquei aqui a pensar como teria sido a história se o aprendiz de feiticeiro tivesse puxado a espada…

Texto: Jorge
Imagem: http://www.ajkon.se/tankar/bilder/excalibur.jpg

2 comentários

Comentar post