Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sonhos Urbanos

Powered by Cognitive Science

Solve et Coagula - Parte 2

por Jorge, em 01.03.05

Em jeito de síntese: Imortalidade e riqueza são os objectivos principais da Grande Obra; não no sentido capitalista socialmente aceite pela maioria dos humanos, mas no reconhecimento da riqueza e da intemporalidade da nossa natureza individual.


A “riqueza” obtém-se através da nossa purificação ou seja, após nos libertarmos de vergonhas, medos ou qualquer outro tipo de limitações atingiremos a nossa essência (o “ser dourado” da linguagem alquímica, ou “aquele que realmente somos” muito utilizado nos dias de hoje) que já existe em nós. Podemos pensar nisto como um regressar a nós mesmos, a um estado natural.


Na nossa cultura, passa-se muito a ideia que a humanidade já foi mais evoluídas mas que se deu uma queda, mitos como a Atlântida ou Adão e Eva são sobre uma existência melhor que se perdeu. A partir desta ilustração talvez seja mais fácil explicar que a nossa essência é essa forma de existir superior, que se perdeu por inúmeros motivos (a queda) e agora estamos a tentar regressar lá. Simbolicamente é um regresso ao Jardim do Éden, ou um anjo caído a tentar voltar a entrar na Cidade Celestial.


Há quem diga que após alcançar o “Ser Dourado” (a nossa Natureza, ou essência) é realmente possível transmutar metais não preciosos em Ouro (aqui entre nós, ainda não o experienciei directamente, mas...).


Jorge