Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sonhos Urbanos

Powered by Cognitive Science

Um labirinto para percorrer

por Jorge, em 03.10.04

Hoje acordei e apeteceu-me escrever, para ser mais exacto apeteceu-me revisitar um tema central na minha vida. Aos meus olhos, o maior mistério de sempre vive em frente ao meu espelho quando olho para ele. No espelho apenas vejo um reflexo de um ser que me persegue ao longo dos tempos. O mistério a que me refiro não vive no espelho, o espelho apenas o devolve aos meus olhos. Ao reflexo falta a textura de uma vida.


labirintos.jpg


Aquilo que promove o que existe. Quem é que se esconde por detrás deste sorriso? A pergunta de base continua a ser: Quem sou eu?


Sou invadido por uma transbordante curiosidade ao caminhar pelos labirintos da minha mente, continuo a apostar no desenvolvimento do auto-conhecimento (e a sakientar que há benefícos no desenvolver deste conhecimento).


Notável como me consigo surpreender comigo.


Há uns anos era defensor que ao longo de uma vida humana só nos conseguimos conhecer a nós mesmos, hoje proponho uma rectificação, se não nos dedicarmos à busca desse conhecimento corremos o risco de não chegarmos a conhecer ninguém e a não beneficiarmos de uma vida com significado.


Chamo a atenção que isto é um trabalho para uma vida inteira, dificilmente uma pessoa sensata sentar-se-ia numa cadeira e diria: já desvendei completamente o meu ser. Podemos levantar o problema: será que é possível definir com exactidão os conteúdos do nosso ser?


De facto a minha busca individual procura pontos de referência interiores, não algo exacto que possa ser descrito ou apresentado. Pretendo estar fortemente ligado ao meu mundo interior e fortalecer a consciência sobre quem sou e como estou a demonstrar a minha identidade através das minhas acções no mundo exterior.


Tenho a crença que se melhorar o relacionamento comigo mesmo, também melhoro a forma de me relacionar com os outros.


Por agora deixo-vos, um bom Domingo. Abraço grande.


Jorge Amorim

11 comentários

Comentar post

Pág. 1/2