Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sonhos Urbanos

Powered by Cognitive Science

A olhar para o Universo...

por Jorge, em 28.11.08

Encontrei muito trabalho por fazer, os três dias que passaram foram rápidos e desgastantes. Poucas horas de sono, muitos pensamentos soltos, trabalho doméstico e resolução de situações laborais. Tenho de novo a mala feita e vou sair de Lisboa. Desta vez sigo em direcção ao Minho.

 

Houve uma situação que me deu muito em que pensar. Na quarta-feira, ao acordar, não encontrei os meus óculos. Dei voltas e voltas à casa, sem qualquer sinal dos óculos. Meti na cabeça que naquele dia os meus olhos curiosos estavam por sua conta própria, seria uma quarta-feira sem ajudas técnicas.

 

 

Sem óculos o meu olhar fica muito diferente, concentro-me no que está perto e tento captar mais pormenores do "mundo próximo". Mas o que está longe, deixa de ser diferenciado. Estes são os meus olhos que há três anos eram saudáveis e um dia deixaram de focar convenientemente, algo que me obrigou a consultar um especialista e a partir daí trago sempre óculos comigo. Será que esta situação se vai agravar? Provavelmente sim, espero que de forma gradual e lentamente. Gosto de ter os meus olhos curiosos a procurarem conhecer o mundo e as respostas às grandes questões do Universo.

 

Uma coisa é certa, se um dia os meus olhos deixarem de funcionar, sei que há outras formas de ver e que não por isso que vou deixar de olhar para o Universo.

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.