Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sonhos Urbanos

Powered by Cognitive Science

Uma recordação do fundo do baú

por Jorge, em 10.02.11

Esqueci-me do nome daquela rapariga simpática que conversou comigo em 2005. Era já muito tarde e conhecia-a de vista, por coincidências tinhamos estado no mesmo evento durante o dia e precisei de boleia. Até à data apenas tinhamos trocado "bom dia" e "boa tarde", juntamente com uns sorrisos simpáticos pelo meio.

 

Parou o carro na praceta onde moro e, apesar da hora, ficámos uma hora a conversar. Acabei por a convidar para subir e falámos até o Sol aparecer alto no Céu. A conversa foi muito positiva e profunda. No final quando nos despedimos demos um grande abraço e achei que íamos ficar amigos dali para a frente. Nunca mais voltamos a falar, acabei por apagar o nome dela da minha memória.

 

Hoje quando acordei lembrei-me dela, a memória tem um funcionamento misterioso. Mas o nome nada... Até que ao chegar ao trabalho, o nome surgiu. :)

 

E mais engraçado, lembrei-me da conversa... E como é que me esqueci durante estes anos todos dessa conversa?!?!?! Acho que só hoje é que tenho as ferramentas para aplicar o que pensei e disse naquela altura.

 

Sabes, acho que ainda nos vamos reencontrar e ser amigos.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.