Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sonhos Urbanos

Powered by Cognitive Science

Chuva

por Jorge, em 31.05.06
Fui abaixo quando choveu porque as nuvens negras taparam o Sol. Logo naquele dia em que decidi que todo o significado da minha vida se sustentava na quantidade de tempo que estaria debaixo de um um céu azul limpo e banhado pelos raios dourados da minha estrela favorita.

Ninguém percebeu o significado daquela frustração porque apenas me viram molhado. Nem se preocuparam em perguntar, apenas assumiram uma verdade e ficaram indiferentes ao que sentia. O ambiente tornou-se mais frio e senti-me um pouco só, sem ter ninguém que aceitasse o que eu sentia, alguém que validasse a minha verdade de estar.

Há dias em que ficamos fechados no nosso mundo, perdidos na nossa linguagem interior e com muita dificuldade de nos expresssarmos e assim levarmos algo nosso aos outros.

Jorge

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.