Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sonhos Urbanos

Powered by Cognitive Science

Allons-y!

por Jorge, em 09.05.13

Prazos aproximam-se.

 

ODEIO!

 

As paredes apertam e fico limitado nas opções. Apetece enlouquecer para o prazo deixar de fazer sentido.

 

Claro que isto não é novidade para alguém. Algures todos passam por isto. Esta partilha humana é reconfortante, muitos dos prazos que enfrentamos até são auto-impostos ou pelo menos derivam das nosssas decisões individuais (que é o caso). Estes prazos até fazem avançar o nosso trabalho e seguir para os seguintes.

 

 

Fácil de dizer, continuo na mesma (ver início do post).

 

Esperem houve uma coisa que me ajudou hoje a trabalhar e esquecer a pressão do prazo. Ler o "Fragile Things" do Neil Gaiman (na verdade, apenas umas dezenas de páginas visto ter sido nos transportes públicos), pela introdução ele comenta que houve alturas em que estava a sufocar com prazos ou que a filha sabe que ele se atrasa sempre com os prazos. Habituado a ver os livros deles nas estantes, já escritos, também é simples pensar que sempre foram assim. Mas não, um dia foram apenas apontamentos em páginas, escritos com dificuldades, ao longo de meses ou anos, durante diversos episódios da vida e, quem sabe se não são estes pormenores que condimentam o resultado final (julgo que sim).

 

E agora que estou para aqui a escrever de sorriso tonto na cara, apercebo-me que este é o tipo de post que me levou a ter um blogue pessoal. Não para atirar coisas para encher chouriços, é para partilhar a minha experiência, os meus pensamentos, para trocar ideias e, por vezes, desabafar qualquer coisa que tenho cá dentro. Porque os dias passam e muito se passa nas nossas mentes e, quando não damos forma aos nossos pensamentos, eles diluem-se em ocenos de ideias.

 

Depois de todas as tempestades dos últimos tempos, tenho a merda de um prazo para entrega de um pedaço de uma tese sobre "human problem solving"... Pffft ... Sufocado por isto? Venha lá disso que já vivi coisas muito mais desafiantes e estou aqui para contar essas histórias.

 

Allons-y

1. In French, allons-y stands for "let's go." This phrase is often used by the Tenth Doctor in Doctor Who.

2. is an old Earth saying, a phrase of great power and wisdom and consolation to the soul in time of need
(from urban dictionary)

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.