Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sonhos Urbanos

Powered by Cognitive Science

Olhar

por Jorge, em 25.06.05
“Quando atingires a minha idade terás perdido quase por completo a vista. Verás a cor amarela e sombras e luzes. Não te preocupes. A cegueira gradual não é coisa trágica. É como um lento entardecer de Verão”

Jorge Luís Borges





Deixo os meus olhos correrem à sua vontade, sem esforço de focar. Concebo filmes completos com as imagens que guardo na minha memória visual. Um pouco como contar histórias com as nuvens brancas no céu azul.


(Fico com a sensação que a minha escrita fica diminuída perante uma citação de Borges, mesmo assim arrisco a colocar as minhas palavras… um pouco com medo, já que escrever faz parte do meu sonho e é tão arriscado colocar em risco sonhos… talvez por isso muitos não arrisquem e tranquem os seus sonhos a sete chaves)


Um segredo (que fique entre nós): Tenho medo de arriscar mas não gostaria que eles ficassem trancados para todo o sempre…


Texto: Jorge Amorim (com um toque da Raposa)
Foto: Jorge Correia (o meu Tio Jorge)

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.