Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sonhos Urbanos

Powered by Cognitive Science

O momento

por Jorge, em 16.02.05

Entre o teu rosto e a luz do amanhecer notei um sinal ambíguo, uma lágrima. No lugar de impor uma questão, coloquei-me ao teu lado para te abraçar de forma segura.


Beijei-te na testa, os dois em silêncio e aquele momento. Adormecemos nos braços um do outro, deixei de querer descodificar o sinal que vira e senti o momento


Jorge

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.